Ritmos e acompanhamentos musicais no violão

Hoje iremos falar de ritmos e acompanhamentos musicais no violão para quem está iniciando do zero neste instrumento musical.

É bastante comum o iniciante ficar em dúvida no momento de fazer um acompanhamento musical, se aplica o dedilhado ou o ritmo de batida.

A seguir, gravei um vídeo dando essas dicas e esclarecendo alguns pontos importantes a este respeito, de ritmo e acompanhamentos musicais no violão.

Como percebemos na gravação do vídeo, uma música pode ser tocada de várias maneiras, utilizando o ritmo de batidas ou o dedilhados, e até mesmo mesclando os dois.

APLICANDO RITMOS DIFERENTES EM UMA MESMA MÚSICA.

Vamos agora dar algumas dicas.

Suponhamos que, você está tocando uma valsa com ritmo de batida, e sabemos que a valsa é um ritmo ternário, quer dizer, de três tempos ou três batidas.

Caso a pessoa deseje tocar essa mesma música de uma maneira diferente, ela poderá aplicar um dedilhado de seis notas dividido em três tempos, que também vai dar certo no acompanhamento da musica.

Outra dica: digamos que a pessoa está tocando uma música em ritmo de marcha, e caso for do agrado desta pessoa, ela poderá também aplicar um dedilhado de quatro notas que irá encaixar perfeitamente no acompanhamento da música que estiver tocando no violão.

Uma dica importante: existe também a possibilidade do instrumentista mesclar a batida com o dedilhado, e muitas pessoas fazem isso de uma maneira muito interessante onde o acompanhamento fica extremamente bonito.

É de suma importância que: a pessoa que esteja aprendendo violão do zero, estude não somente os dedilhados, mas também os ritmos de batidas, e comece aplicar em seus acompanhamentos musicais, isoladamente ou mesclando as duas maneiras de tocar as cordas do violão.

Dica 1: escolha uma música para fazer o acompanhamento.

Dica 2 : toque essa música usando o ritmo de batida.

Dica 3 : toque essa mesma música usando o ritmo de dedilhado.

Dica 4: agora toque essa mesma música alternando a batida com o dedilhado.

Dica 5: aplique essa técnica em várias músicas diferentes e logo irá perceber os ótimos resultados.

Se você gostou deste conteúdo, compartilhe com seus amigos(as), e também nas redes sociais.

Professor, José Conceição

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *